sexta-feira, 15 de maio de 2009

LÍRIO DA GUERRA

Em agradecimento...
miniatura do séc. XV
Por igrejas, bosques e rotas da França
Desfilava o lírio da guerra, a guerreira
Que lutou e morreu por uma nação inteira,
Que no Cristo teve tanta fé e esperança!

A vida que tem também faces ferozes
Revelou-te a palma do santo martírio.
Aclamada sê, ó luminoso círio!
Aclamadas sejam aquelas mil vozes!

Para as bandeirantes, bela intercessora
Junto a Cristo, a quem tiveste mui fervor.
Para nós, cristãos, honrável professora!

Flamejante vítima da Inquisição,
Morreste sem medo, por adoração.
Porque não tem medo quem crê no Senhor!

Rommel Werneck.
Abaixo,
INGRES- Jeanne d’Arc au sacre du roi Charles VII, dans la cathedrale de Reims (com poema).


Nenhum comentário: