sexta-feira, 29 de maio de 2009

SONETO


Mona Lisa Da Vinci



És diferente desses bons mortais,
Tua tez leve, lânguida e azul brilha....
Ah! Cândida e serena maravilha,
Semblante de feições mui especiais...


Tu tens algo que nunca vi em alguém
Teus olhos me conduzem a mil sonhos
Tua boca e o sorriso tão risonhos,
Qualidades que sempre se mantêm...


Por teres adorável luz e encanto,
Terás a mais perfeita trajetória.
Por seres o anjo lindo, puro e santo,


Com o amor, jamais tu terás conflito!
As estrelas darão divina glória,
Pois brilharás um dia no Infinito!


Rommel Werneck



O soneto acima com o quadro de Da Vinci e no vídeo clipe: http://www.youtube.com/watch?v=V3q_TJ9jeEw


BECO DOS POETAS:
www.literaturaperiferica.ning.com

Queres ser um divulgador da poesia retrô? Copie o texto na tabela VELHARIA EM DESTAQUE no fim deste blog.

Nenhum comentário: