sexta-feira, 12 de junho de 2009

PROFECIA


Imagem utilizada: William-Adolphe_Bouguereau_(1825-1905) The_Day_of_the_Dead_(1859)



PROFECIA


Um dia, tu estarás em pleno choro

Sangrando em negras lágrimas a terra
As almas do passado em grave coro
Declararão a ti a mais suprema guerra

O castelo dourado e azul morreu
E a vida continua em triste pranto
Eis aquilo que nunca se esqueceu
E que conduz o azedo e amargo canto

Um dia, tu estarás em forte grito
Que tingirá de luto o sonho pulcro
E assim se cumprirá a tal profecia

O futuro será pra sempre aflito
Nós que estamos em lúgubre agonia
Seremos então um único sepulcro.


Rommel Werneck


Soneto que faz parte do IV E-BOOK VALE DAS SOMBRAS, segundo lugar do concurso.


http://poesiaretroapoesiadesempre.blogspot.com

Nenhum comentário: