terça-feira, 17 de maio de 2011

BELLE ÉPOQUE - Quadro artístico - 1873





Quadro artístico


A cena é numa sala pequena e atravancada;
uma mesa redonda de livros empilhada,


um piano de um lado, e de outro um velador,
uma estante com livros, mobília multicor,


garrafas de cerveja, charutos e bolinhos,
cigarros sobre a mesa, o piano de mansinho

a gemer sob os dedos dum inspirado artista;
cinco sujeitos sérios, cravada e atenta a vista


no teclado que brota harmonias tristonhas,
ou então se alvorota em volatas risonhas.


No mocho a fronte erguida, um rapaz aloirado,
com um charuto na boca, olhar vivo, inspirado,


improvisa; distante, um outro, no sofá,
de mão no queixo, absorto, embevecido está.


Os cigarros apagam-se e esquecidos, e, frias,
no chão as cinzas caem ao som das harmonias.


Na secretária, um outro, escutando esses trinos,
escreve numa tira alguns alexandrinos.


Artistas todos são, e ali, naquela sala,
emudeceram todos; somente o piano fala.


 Celso  Magalhães, 1873

(1849-1879)


Nenhum comentário: