segunda-feira, 9 de julho de 2012

SÁFICO + HEROICO!




http://manlyskills.files.wordpress.com/2012/06/man-praying.jpg

  PUDOR


Tens as virtudes que bem tive outrora:
Pudor, modéstia, retidão, aurora.
Joias humildes do rapaz que ora
Um bel-prazer casto, a riqueza honesta.
Mas após conhecer-te, abriu-se a fresta
De luxúria, atributo do Inimigo.
Vou perdendo nos meus sonhos contigo
A tão pouca decência que me resta!


Rommel Werneck



NOTAS:



1. Os quatro primeiros versos seguem uma linha de raciocínio, portanto decassílabo sáfico (4a e 8a e 10a) ao passo que os outros versos estão em martelo (3a, 6a e 10a)

2. Amor não precisa ser clichê, o mesmo válido para conflito interno religioso... Fujamos do óbvio.

3.  Vamos tentar construir poemas em formas livres mas em isométricos e rimas. #estudodepossibilidades.

9 comentários:

Tiago Furtado disse...

poesia, possível definição, estrutura mundo-palavra, palavra nenhuma faz mal, ai que dó da poesia. chama o alvarez lá pra ver o que estão escrevendo. DEUS! DEUS! OH! MEUS PECADOS SÃO GRANDES DEMAIS.
box the bishop!!

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Não encontro no sétimo verso tônica na sexta, mas na sétima sílaba. Onde estarei errando? Abs., Miguel, um fã deste blogue.

Febo Vitoriano disse...

Tb tá na sexta, mas é q tem tensão rítmica:

Vou/ per/DEN/do /nos /MEUS / SO/nhos /con/ TI//

Febo Vitoriano disse...

Pode-se inverter "sonhos meus", axha que fica melhor?

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Satisfeito, obrigado. Eu é que desconhecia essa tal de tensão rítmica. Abs., Miguel-

Febo Vitoriano disse...

Norma Goldstein fala sobre o assunto

Febo Vitoriano disse...

Mas talvez a alteração soe melhor....

Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Para mim soa melhor, sim; o ritmo flui mais redondo e toante...

Febo Vitoriano disse...

Miguel, que bom ter a sua opinião!

Eu fiz outros neste mesmo esquema rítmico, métrico e de estrofe... Vou postar mais